Serviço digital integra resultados de Exames com a plataforma BoaVista do CIASC

Novo serviço digital do Governo de Santa Catarina permite que laboratórios privados enviem resultados de exames para compor uma plataforma unificada.

Um dos maiores desafios no enfrentamento ao coronavírus é o de fornecer ao cidadão informações corretas e atualizadas sobre o número de casos suspeitos e confirmados, visto que tanto a rede pública, quanto a privada estão recebendo e tratando casos da doença.

Para resolver esse problema, o time do CIASC – Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina – responsável pelo desenvolvimento dos Serviços Digitais do Governo do Estado de Santa Catarina, em parceria com a SEA – Secretaria do Estado da Administração, disponibilizou nesta segunda-feira, 13/04, um novo serviço digital: O Envio de dados sobre a COVID-19.

Esse serviço permite que todos os Laboratórios de Análises Clínicas ou de Medicina Laboratorial do estado que coletam amostras para realizar o diagnóstico para COVID-19 enviem os dados dos resultados para uso estatístico do Governo de Santa Catarina.

Assim, os laboratórios privados também podem enviar seus dados. Para isso, devem entrar em contato pelo telefone 0800-648-1500 para habilitar o acesso ao formulário de solicitação. Maiores detalhes de como realizar o envio dos dados estão disponíveis em: https://www.sc.gov.br/servicos/detalhe/envio-de-dados-sobre-a-covid-19

Os resultados dos testes realizados em pacientes da rede pública pelo LACEN (Laboratório Central de Saúde Pública de Santa Catarina) já integram a base de dados do governo.

Os dados coletados serão inseridos na plataforma BoaVista do CIASC, compondo o painel de acompanhamento dos números da pandemia usado pelo Governo do Estado. O BoaVista é uma infraestrutura de Big Data que permite que profissionais cruzem dados de diferentes fontes, com o objetivo de transformá-los em informações relevantes para a tomada de decisão do governo. Uma das funções da plataforma é auxiliar no trabalho de monitoramento dos números relativos à pandemia através da mineração e cruzamento de dados que possam ser úteis à equipe intersetorial do governo que recebe esses dados na sala de situação do governo para combate a COVID-19.