UNIEDU publica edital para conceder 680 bolsas de pós-graduação em 2021 através de sistema desenvolvido pelo CIASC

A Secretaria de Estado da Educação (SED) publicou o edital de chamada pública para conceder novas bolsas a estudantes de pós-graduação de Santa Catarina, em nível de mestrado e doutorado, pelo Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu).

Conforme o edital, está prevista a concessão de até 399 bolsas de mestrado e 281 de doutorado. São até 680 novas bolsas em 2021 com um investimento total de R$ 14,6 milhões. O valor da parcela paga mensalmente ao bolsista consiste em R$ 1,5 mil por até 24 meses (mestrado) e R$ 2,2 mil por até 48 meses (doutorado). Os recursos para o pagamento das bolsas de estudo são provenientes do Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes).

“O Governo do Estado está ampliando o Uniedu a cada ano para beneficiar ainda mais estudantes. Esse investimento em bolsas de pós-graduação, contemplando centenas de estudantes, é importante porque as pesquisas revertem em benefícios para o desenvolvimento de Santa Catarina. É mais um passo desse programa inovador que tem como objetivo a melhoria da qualidade do ensino superior no estado”, destaca o secretário de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

 

Inscrição abre dia 6 de abril

O sistema desenvolvido pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC) para inscrição dos candidatos estará aberto de 6 de abril a 5 de maio. Os interessados devem preparar a documentação exigida no edital, e, em caso de dúvidas, podem acessar a página de perguntas frequentes neste link ou enviar e-mail para: bolsafumdes@sed.sc.gov.br. O cadastramento na chamada pública acontece de forma on-line pelo site do Uniedu. Segundo Moema Cargnin, coordenadora de soluções de educação do CIASC, “nossa equipe está acompanhando de perto os esforços da Secretaria de Educação para aprimorar as tecnologias, facilitando o gerenciamento do programa de bolsas de estudo do Estado.”

Podem participar estudantes que tenham cursado todo o Ensino Médio em uma unidade escolar da rede pública ou em instituição privada com bolsa integral ou parcial. Além disso, o candidato deve estar residindo há, no mínimo, dois anos em Santa Catarina. Outros critérios estão detalhados no edital.

O candidato à bolsa de estudo deve preencher as informações solicitadas e inserir os documentos comprobatórios conforme estabelecido no edital. O processo consiste em três etapas, uma de caráter eliminatório e duas classificatórias.

Até dia 28/05 está prevista a publicação dos cadastros homologados. O resultado final está previsto para o mês de agosto, após a realização das três etapas do processo e publicação final dos outorgados. O cronograma com os prazos detalhados para as três etapas de classificação está disponível no Anexo I do edital.

O início do pagamento da primeira bolsa aos estudantes contemplados ocorrerá no mês de setembro, retroativo ao mês de abril.

 

Recorde de investimentos em 2021

 

Somados aos R$ 8,1 milhões das bolsas de pós-graduação que estão ativas, o investimento do Governo do Estado totaliza R$ 22,7 milhões somente em bolsas de estudo para esse nível de ensino em 2021.

Já o investimento planejado pelo Governo do Estado em 2021 para bolsas de estudo para o ensino superior de forma geral deve chegar a R$ 327,3 milhões, recorde na história do programa Uniedu. O valor é 23,61% maior do que o valor repassado no ano de 2020, quando houve investimento de R$ 264,3 milhões para beneficiar cerca de 37 mil estudantes.

O Uniedu é um incentivo para os alunos que deixam o Ensino Médio ingressarem no Ensino Superior e agrega todos os programas de atendimento aos estudantes da educação superior, fundamentados pelos Artigos 170 e 171 da Constituição Estadual. São bolsas para graduação e pós-graduação, incluindo modalidades para licenciaturas e especializações para a formação de professores.