Transparência: SED e CIASC desenvolvem painel de consulta sobre bolsas do Uniedu

A Secretaria de Estado da Educação (SED) disponibilizou um painel para acesso público com diversos dados sobre Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu). A ferramenta permite verificar os números de estudantes cadastrados, bolsistas e investimentos em cursos de graduação e pós-graduação, além de informações por municípios e instituições de ensino superior. Os dados do ano são atualizados diariamente por conta das interações entre estudantes e instituições de ensino.

Os painéis foram construídos com suporte de profissionais da Coordenadoria de Soluções de Educação do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina – CIASC, estatal responsável pelo desenvolvimento do Sistema de Gestão Educacional de Santa Catarina (Sisgesc).

A tela inicial do painel apresenta os dados atuais de 2020 do Uniedu e o detalhamento por semestre ou categoria. No caso da graduação, é possível visualizar que o programa teve 73,6 mil alunos cadastrados ao longo do ano, beneficiando 23,8 mil alunos com investimento de R$ 196 milhões. Já na pós-graduação, que ainda não teve chamada pública para ingresso, há investimento de R$ 6,5 milhões para a continuidade da bolsa de estudos de 1.344 alunos.

>>> Acesse aqui o Painel de dados do Programa Uniedu

“Esse painel está alinhado a uma das nossas premissas de gestão, que é a transparência e a responsabilidade quanto ao bom uso do recurso público. Ao disponibilizá-lo para consulta da sociedade como um todo, nós damos um passo importante no sentido de fazermos uma gestão cada vez melhor e com total transparência, como é a nossa responsabilidade”, afirma o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

Detalhamento de bolsistas por município, índice de carência e programa

Ao fim da tela inicial, basta clicar no botão com seta à esquerda para ver o detalhamento dos dados de graduação. Na aba “Bolsistas”, é possível consultar um mapa de calor com a distribuição dos bolsistas pelos municípios em que residem – Joinville, a cidade mais populosa do Estado, também concentra o maior número de contemplados em 2020. Os dados dos anos anteriores devem ser acrescentados em breve para criar um gráfico com a série histórica.

Também é possível constatar que a maior parte das bolsas são concedidas aos alunos mais carentes, de acordo com o índice de carência. Cerca de 73% dos beneficiários, totalizando 17,4 mil bolsistas, têm índice de carência abaixo de 10 e ocupam as duas faixas mais carentes entre as seis analisadas pelo programa.

O painel também detalha o número de bolsistas para cada programa, sendo 16 mil beneficiados pelo Artigo 170 e 7,8 mil pelo Artigo 171. Apesar das bolsas de estudo representarem a maior parte, com 15,3 mil estudantes entre os 23,8 mil contemplados pelo Uniedu em 2020, o programa também tem 2.598 bolsistas de pesquisa e extensão, 2.050 bolsistas de pesquisa, 1.619 bolsistas de licenciatura, 1.353 bolsistas de Proesde Licenciatura, 601 bolsistas de Proesde Desenvolvimento e 257 bolsistas de Proesde Desenvolvimento Regional/IDH.

Estudantes cadastrados e contemplados em cada instituição de ensino superior

Também é possível comparar os dados entre as diferentes abas. Um exemplo é identificar os cursos que tiveram mais estudantes inscritos na aba “Cadastros” – no caso, foram os cursos de direito, pedagogia e psicologia – e verificar que a ordem é a mesma entre os cursos com mais estudantes contemplados com a bolsa. Em todas as abas também é possível usar os filtros disponíveis no lado esquerdo, detalhando os dados do painel de acordo com o ano, o curso, o índice de carência, a instituição de ensino superior, o tipo de bolsa, município, entre outras.

Além da lista completa de contemplados em cada curso, o painel permite visualizar o número de inscritos por mantenedora e por instituição de ensino superior, inclusive com informações detalhadas por semestre de 2020 e de acordo com os municípios. Também é possível consultar por programa e visualizar a quantidade de inscritos por município no mapa de calor.

Na aba “Investimentos” é possível consultar que, dos R$ 196,4 milhões investidos até o momento em 2020 para a graduação, cerca de R$ 144,5 foram destinados aos programas previstos no artigo 170 e R$ 51,8 milhões para as bolsas das atividades do artigo 171. O painel apresenta os valores investidos em bolsistas para cada mantenedora e instituição de ensino superior, além de apresentar uma longa lista com o investimento feito pelo Estado para cada bolsista contemplado pelo programa Uniedu.

A ferramenta também mostra que o valor médio mensal investido pela SED para cada bolsa é de R$ 1.055,12 e que o percentual médio que o Estado paga da mensalidade do aluno é de 88%. Os números variam de acordo com o índice de carência e o curso do estudante e podem ser consultadas usando os filtros disponíveis no lado esquerdo do painel.

Informações detalhadas de bolsistas e investimentos na pós-graduação

Os dados da pós-graduação também são divididos entre três abas: Cadastrados, Bolsistas e Investimentos. Na primeira, é possível verificar o histórico de alunos que tiveram a inscrição homologada e não homologada, com detalhamento por nível, além de verificar a distribuição por instituição de ensino superior, por município de residência dos cadastrados, por área do conhecimento e por curso.

Essas informações podem ser comparadas com os dados de alunos que foram contemplados com a bolsa de estudos, além da possibilidade de usar os filtros da coluna esquerda para ter maior detalhamento. Um gráfico na aba “Bolsistas” mostra a variação ao longo dos últimos anos com detalhamento de bolsistas por nível de ensino.

Por fim, a aba “Investimentos” permite visualizar o valor da bolsa e o investimento por nível de escolaridade, além dos investimentos em cada instituição de ensino superior, por município, por área do conhecimento e por curso. Para 2020, a previsão é que o investimento na pós-graduação chegue a R$ 11,6 milhões. Assim como no painel de graduação, também há uma lista com o investimento feito pelo Estado para cada bolsista beneficiado pelo programa Uniedu.