Solução catarinense é finalista do prêmio brasileiro de governo eletrônico

Foto: ABEPTIC

O “SISP ConectaInteligência Policial Integrada”, desenvolvido pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC) e utilizado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), foi indicado ao prêmio E-GOV. A cerimônia da premiação, chamada oficialmente de Prêmio Excelência em Governo Eletrônico — 2021, ocorrerá no dia 08 de dezembro na cidade de Vitória/ES. A solução, que permite que os policiais estaduais, guardas municipais, agentes da polícia federal e rodoviária federal acessem pelo celular, de forma segura, uma série de funcionalidades que antes só estavam disponíveis dentro das delegacias ou centrais de emergência, está concorrendo com iniciativas de outros seis estados.

Daniel San Martin, gestor de produtos de segurança pública do CIASC, explica que o Conecta é um aplicativo web que oferece consultas a dados segurança pública, justiça e fiscalização, além de objetos que estão registrados no sistema integrado de segurança pública catarinense, o SISP, por meio de computadores ou smartphones pela internet e até mesmo offline. Esse sistema possui diversos módulos diferentes, sendo, portanto, fonte de acesso a uma grande variedade de informações que os agentes precisam acessar durante seu trabalho.

Uma das funcionalidades da ferramenta é que os usuários podem fazer download de dados para consultas offline, o que foi priorizado pela equipe do CIASC para garantir que os policiais tivessem acesso a essas informações mesmo em locais sem nenhuma cobertura de internet. San Martin aponta que “além desse ponto do acesso offline, também priorizamos garantir uma adaptação às exigências da LGPD, a segurança das consultas fora das redes internas e a proteção contra acessos não autorizados”. A ferramenta alcançou uma média de 500 mil consultas mensais e 81,6% dos agentes públicos da Secretaria de Segurança Pública já estão utilizando-a.

Para o Coordenador do SISP na Secretaria de Segurança Pública, Armando Quadros da Silva Neto, o SISP Conecta representa uma mudança de paradigma na Segurança Pública de Santa Catarina, porque passou a integrar bases de dados do poder judiciário estadual e das três esferas do poder executivo: municipal, estadual e federal, na mesma plataforma – “Os agentes podem acessar Boletins de ocorrência lavrados pela PM, PC, PRF, GM, mandados de prisão, bem como quase mil câmeras de monitoramento no módulo Hórus, este voltado para a atividade de inteligência e investigação policial “. Além disso, segundo Quadros, a Lei 13.675/2018 impulsionou a celebração de acordos de cooperação técnica entre a SSP e diversos municípios em Santa Catarina, isto porque a Lei do SUSP também consagrou as guardas municipais e os agentes de trânsito como integrantes do Sistema Único de Segurança Pública.