Sistema para realização de prova de reciclagem para CNH é entregue pelo Ciasc ao Detran SC

Funcionários do Departamento de Trânsito de Santa Catarina (Detran) estiveram reunidos no auditório do Centro de informática e Automação do Estado na quarta-feira, 17 de julho, com a equipe de Desenvolvimento de Soluções de Trânsito do Ciasc. O objetivo do encontro foi orientar os servidores a respeito da entrega da ferramenta que possibilitará a realização da prova de reciclagem para os motoristas que estão na condição de CNH suspensa. A funcionalidade está dentro do sistema Detrannet.

A partir do dia 5 de agosto, os condutores infratores serão submetidos a prova teórica de reciclagem nas Ciretrans de todo o Estado. Anteriormente, os motoristas faziam apenas o curso de reciclagem com o objetivo de identificar e corrigir falhas na condução do veículo, atualização da legislação de trânsito vigente, conscientização sobre o respeito ao meio ambiente e noções de primeiro socorro. Por meio da funcionalidade entregue pelo Ciasc ao Detran, o motorista será submetido a uma prova de reciclagem que comprovará a capacidade do condutor em ter a habilitação válida novamente.

Segundo o coordenador de soluções de trânsito, Pedro Ribeiro, o Ciasc vem trabalhando no desenvolvimento de novas funcionalidades tecnológicas para o Detran e essa é mais uma que vem para agregar com as já existentes. “Funcionários do Detran de diversas localidades do Estado estiveram presentes hoje. Além da entrega, nosso objetivo também é capacitar essas pessoas para que elas estejam 100% aptas a usar os sistemas da melhor forma, só assim conseguiremos garantir de fato o total funcionamento das entregas. É um trabalho integrado entre os órgãos”, afirma o coordenador.

Mais informações do Detran SC

Cada Ciretran fará o agendamento da prova de acordo com a demanda. Na capital, a avaliação deve ocorrer toda quarta-feira. Assim, o condutor que tiver cumprido o período de suspensão ou cassação, deve apresentar o certificado no órgão de trânsito de seu município para fazer o agendamento da prova. A exigência será aplicada a todos os condutores que realizaram o curso de reciclagem, mesmo que estejam cumprindo o período de suspensão, desde que ainda não tenham entregado seus certificados nos órgãos de trânsito.

Para os condutores de outras Unidades da Federação, será obrigatória a transferência do prontuário, pois o interessado deve constar na base de dados estadual para que possa realizar a prova e cumprir todas as etapas do processo administrativo.

O gerente Geral das Jaris e Imposição de Penalidades do Detran, Felipe Odara explica que o objetivo é avaliar o conhecimento dos condutores adquiridos durante o curso de reciclagem. “É algo que vem somar a todas as medidas implantadas pelo Detran para um trânsito mais seguro e consciente”, frisou.