Plataforma Digital Unificada do Governo é apresentada aos catarinenses

Com o lançamento da plataforma unificada, serviços digitais serão lançados todos os meses. Objetivo do Governo é ser 100% digital até 2022

O Governo do Estado, em parceria com o Centro de Informática e Automação de Santa Catarina, a Secretaria Executiva de Comunicação, a Secretaria de Administração e todos os demais órgãos do colegiado, realizou nesta segunda-feira, 2 de dezembro, na Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), a apresentação da primeira etapa do Portal Digital do Governo, que integra todos os serviços estaduais ao portal de notícias sc.gov.br.

Além de unir serviços e notícias, a plataforma estreia com a missão de oferecer novos serviços digitais a cada mês. Atualmente, o portal unificado sc.gov.br conta com mais de 400 serviços cadastrados, sendo que 24% são digitais. A partir de agora, o Governo acelera o processo de transformação digital com entregas de todos os tipos de serviços que possam ser realizados nessa modalidade. O Governo de Santa Catarina tem como objetivo fazer com que até o ano de 2022 os catarinenses tenham um governo 100% digital.

Durante o evento, o secretário de comunicação, Ricardo Dias, ressaltou que alinhada à plataforma federal, esse projeto será a base para a transformação digital do Estado de Santa Catarina. O portal está integrado ao GOV.BR, uma proposta do Governo Federal para centralizar e facilitar a autenticação e identificação do cidadão. “Hoje, damos o pontapé inicial na plataforma de serviços digitais do governo, integrada com a plataforma de notícias já existente sc.gov.br. Nela estarão organizados todos os serviços oferecidos pelo estado e as informações mais relevantes aos catarinenses”, afirmou.

Ricardo Dias ainda destacou que o projeto envolve outras ações do portal sc.gov.br. “Nosso objetivo é fazer com que o cidadão catarinense possa ter um acesso cada vez mais facilitado a tudo aquilo que o estado oferece, além de ser informado das ações do governo, para acima de tudo melhorar o seu dia-a-dia. O portal quer seguir a tendência mundial de oferecer ao visitante acesso mais fácil ao conteúdo com menos cliques. Não faz mais sentido tantos endereços eletrônicos para que o cidadão chegue ao mesmo lugar. Esse também é um movimento que permite mais economia aos cofres públicos e evita a sobreposição de trabalho, com capacidade de ser mais responsivo, inclusivo e inovador”.

Segundo o presidente do Ciasc, Sérgio André Maliceski, “o CIASC desenvolveu uma plataforma centralizada de integração de infraestrutura e serviços digitais que tem como base a tecnologia de mensageria, garantindo dessa maneira sua escalabilidade, adaptabilidade e manutenção para agregação entre o portal de serviços e os outros sistemas que podem ser estadual, municipal, federal e até mesmo privados”, pontuou.