Inscrições para bolsas do Uniedu foram encerradas

O período para realização de novos cadastros e solicitação de renovação das bolsas de graduação oferecidas pelo Governo de Santa Catarina através do Uniedu foi encerrado na última terça-feira, dia 8 de março. Por meio do programa, estudantes de Ensino Superior no Estado podem solicitar bolsas de até 100% em universidades cadastradas.

Todo o sistema de inscrições foi desenvolvido pela equipe de Soluções da Educação do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC), atendendo as necessidades da Secretaria de Estado da Educação (SED). Segundo Moema Cargnin, coordenadora da equipe, “este é mais um resultado do esforço contínuo do CIASC pela desburocratização dos serviços oferecidos à população catarinense. Esta solução beneficia todas as partes envolvidas, e faz isso de maneira segura e eficiente.”

Entre os dias 9 e 27 de março, as instituições de ensino cadastradas no Uniedu devem finalizar a análise de documentos e divulgar os resultados das solicitações de novos cadastros e renovações.

 

Orçamento de R$ 455 milhões para 2022

Em janeiro, o Governo do Estado anunciou que o orçamento inicial do Uniedu para 2022 é de R$ 455 milhões, 39% maior em comparação ao início do ano passado. Depois de disponibilizar R$ 327,2 milhões ao Uniedu em fevereiro de 2021, o Governo de Santa Catarina realizou um acréscimo de R$ 140 milhões e garantiu o maior investimento para a concessão de bolsas universitárias de sua história.

Novos acréscimos ao orçamento do programa podem ser anunciados ao longo do ano. Com os valores divulgados até aqui, o Estado deve investir ao menos R$ 1,37 bilhão através do Uniedu entre os anos de 2019 e 2022.

Dos R$ 455 milhões anunciados para este ano, R$ 300 milhões são destinados para a concessão de bolsas por meio do artigo 170 da Constituição Estadual, que são oferecidas a estudantes que participam de projetos sociais e de intervenção nas comunidades. Já para as bolsas do artigo 171, condicionadas ao desenvolvimento de projetos de pesquisa e extensão, estão sendo destinados R$ 155 milhões.

*Adaptação de matéria publicada pela Secretaria de Estado de Educação (SED)