CIASC participa de seminário voltado ao papel da Auditoria Interna na Gestão de Riscos

O Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina – CIASC – esteve presente na última terça-feira, 07 de março, no Seminário de “Gestão de Riscos para boa Governança – O papel da Auditoria Interna”, promovido pela DIAG em parceria com o Conaci e o Banco Mundial. O evento teve como objetivo fomentar o desenvolvimento do Controle Interno do País reunindo especialistas da área para debater os principais desafios da administração pública atualmente.

O CIASC iniciou a implantação da Gestão Corporativa de Riscos no último ano, cujo intuito é desenvolver e determinar ações que sirvam para ampliar o aperfeiçoamento organizacional e reduzir ameaças à instituição. Dentro do CIASC esse processo é coordenado pelo Conselho de Administração, diretoria e demais colaboradores.

O presidente do CIASC, Sérgio André Maliceski, ressaltou que “a partir do momento que se começa a tratar a gestão de riscos e o que ela impacta em cada setor, o que de fato deve ser trabalhado, encontram-se inclusive oportunidades de descobrir novas ferramentas, aprender sobre elas e aplicá-las para alcançar os objetivos dentro de uma empresa estatal”.

Para Luiz Fernando Carreirão, auditor, a partir da determinação da lei 13.303/2016 a gestão de risco foi uma novidade que até então não era presente nas estatais. A respeito do evento, ele declara que “os seminários e outros cursos que os colaboradores do CIASC estão participando e porventura venham a fazer, todos auxiliam a determinar qual o papel da auditoria interna no acompanhamento dessa gestão de riscos”, afirma.

Entre os planejamentos do CIASC para 2019 está a estruturação de todas as atribuições internas, desmitificando que a gestão de risco é somente função da diretoria. Além disso, segundo Ruy Sérgio Rundbuchner, assessor da presidência, “o CIASC está buscando se aprimorar e estruturar para que seu funcionamento esteja cem por cento adequado, inclusive como está previsto em lei”, declarou Ruy.

Reforçando o objetivo do programa de Gestão Corporativa de Riscos, Cícero Ghisi, chefe de gabinete, aponta que “é necessário que todo esse trabalho que começou a ser realizado pelo CIASC seja contínuo, além disso, que os setores estejam integrados, cada um com o seu papel e importância. O tema do evento é completamente pertinente a nossa realidade, pois contribui para o melhor entendimento sobre como os riscos podem afetar uma instituição, mas também como administrá-los de forma eficiente”, finaliza.