CIASC cria serviço para ajudar emissão de carteira de identidade para pessoas de grupos de risco

Ferramenta de agendamento diminui os riscos de contágio ao permitir que essas pessoas sejam atendidas separadamente. Foto – Arquivo (Secom) 

A partir da segunda-feira, dia 04/05, o Instituto Geral de Perícia (IGP) retoma gradualmente os atendimentos presenciais para emissão de carteiras de identidade em Santa Catarina. Todos os atendimentos serão agendados pelo site do IGP. No momento do atendimento presencial é obrigatório o uso de máscaras, tanto para os funcionários quanto para os cidadãos. A novidade é que o IGP vai usar uma tecnologia criada pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC) para que cidadãos que fazem parte de grupos de risco evitem filas, diminuindo o contato com outras pessoas.

 

O agendamento do atendimento para quem está no grupo de risco, também será feito através do site do IGP, mas os horários disponíveis para que essas pessoas compareçam para emitir suas identidades serão diferentes dos horários disponíveis ao restante da população. Com esse horários reservados é possível permitir que essas pessoas estejam no IGP apenas em horários com menor fluxo de pessoas. A ferramenta foi criada devido ao fato de que evitar o contágio pela COVID-19 é ainda mais importante nos casos de pessoas de grupos de risco que estão mais sujeitas a desenvolverem quadros graves da doença.

A gestão do IGP e o governo do estado seguem monitorando a evolução da pandemia da COVID-19 em Santa Catarina, portanto o atendimento pode voltar a ser suspenso, de acordo com novas diretrizes. Seguindo todas as recomendações de segurança dos órgãos de saúde do Estado, também só será permitida a entrada de cidadãos que tenham agendado o atendimento online. Nenhum atendimento, seja de grupo de risco ou não, será feito sem horário agendado pelo site.