CIASC assina contrato que pode reduzir custos de computação em nuvem para o serviço público

O Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC) assinou hoje um Protocolo de Intenções para lançamento de edital que promete reduzir os custos para uso de computação em nuvem na administração pública. O documento é resultado de uma articulação entre 12 entidades de tecnologia ao redor do Brasil que têm se reunido semanalmente em reuniões virtuais, e deve ser usado para criar um termo de referência conjunto de serviços de computação em nuvem. 

O presidente do CIASC, Sérgio André Maliceski, informa que “o grande volume de recursos computacionais que será contratado através deste edital vai permitir que o valor médio seja menor, possibilitando que os custos dos serviços de nuvem que prestamos à administração pública também sejam reduzidos”.

Além do CIASC, o Protocolo de Intenções também foi assinado por: ATI (Tocantins); PRODAP (Amapá); SEDI (Goiás); PRODAM (Amazonas); CODATA (Paraíba); MTI (Mato Grosso); CELEPAR (Paraná); PRODEST (Espírito Santo); PRODEMGE (Minas Gerais); a responsável pela licitação, PROCERGS (Rio Grande do Sul); além da única entidade municipal do grupo, PROCEMPA (Porto Alegre).

Presidente do CIASC, Sérgio André Maliceski, assina contrato para lançamento de edital de computação em nuvem.

O ato da assinatura aconteceu em São Paulo, durante evento da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Tecnologia da Informação e Comunicação (ABEP-TIC), da qual quase todas as empresas incluídas no edital, exceto a PROCEMPA, fazem parte. O CIASC foi representado no ato por Maliceski e também pelo vice-presidente de Tecnologia, Luis Haroldo de Mattos.