CIASC realiza reunião virtual para apresentar entregas e evolução de tecnologia ao longo de 30 anos

Na tarde de hoje, o líder técnico do time desenvolvimento no Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC), Sandro Vianna, realizou uma conferência online para os funcionários da empresa. O evento destacou as diversas soluções construídas durante as quase três décadas em que o CIASC tem utilizado o GeneXus para o desenvolvimento de sistemas e aplicativos.

O sistema combina diversas tecnologias para criar novas ferramentas. Ele faz isso através do low code, que é o desenvolvimento de software através de interfaces já pré-programadas, orientadas às regras de negócio, sem a necessidade de digitar o código manualmente. Além do low code ela também aplica a inteligência artificial para adaptar esse modelo às diversas linguagens de programação web e mobile, proporcionando a criação de aplicações de uma maneira mais rápida.

Através desta plataforma o CIASC já desenvolveu diversos produtos importantes para o estado, como o Sisgesc – Sistema de gestão escolar de Santa Catarina; O sistema de matrícula online para os estudantes da rede estadual de ensino; o BoaVista Gestão, portal que disponibiliza paneis de dados estratégicos utilizado pelo governo do estado para tomada de decisões e pelo próprio CIASC para gerenciar sua infraestrutura de big data, a plataforma BoaVista; e a Delegacia Virtual da polícia civil, sistema utilizado pelos cidadãos catarinenses para registrar boletins de ocorrência via internet.

O CIASC também utiliza o GeneXus na criação de soluções de linguagem natural como Chatbots, agregando inteligência artificial em suas soluções. A plataforma  funciona integrada com diversos provedores de computação em nuvem e seus serviços, como o IBM Watson, usado dentro do CIASC para criar o chatbot NIA ( Nossa Inteligência Artificial). A tecnologia é usada por diversas empresas referência no mercado. Sandro ressaltou a velocidade de atualização da plataforma “pouco tempo depois que começou a se falar sobre chatbot nós já estávamos construindo um protótipo com as funcionalidades já disponíveis”.