CIASC participa da criação da Delegacia Virtual da Mulher

Equipes de Soluções de Governo e de Segurança Pública do CIASC desenvolveram, em conjunto, a funcionalidade utilizada para criar a nova ação da Polícia Civil de Santa Catarina

Está disponível no site da Polícia Civil (www.pc.sc.gov.br) uma iniciativa nomeada de Delegacia de Polícia Virtual da Mulher. Ao entrar no site e clicar no banner à direita da tela, todas as vítimas de violência contra a mulher – exceto crimes que resultaram em morte – podem registrar seu Boletim de Ocorrência e entender tudo sobre o tema. A funcionalidade foi criado pelo Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (CIASC).

A iniciativa é da Polícia Civil, por meio do projeto PC Por Elas da Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso (DPCAMI), e foi criada utilizando uma tecnologia de registro virtual de boletins de ocorrência, que já era utilizada na Delegacia Virtual. A Coordenadoria de Soluções de Segurança Pública e a Coordenadoria de Soluções de Governo, ambas do CIASC, foram responsáveis por desenvolver a nova opção de registro, dessa vez voltada para casos de violência doméstica. Os registros serão homologados e encaminhados virtualmente direto para as DPCAMIs de todo o Estado, agilizando o processo e facilitando a denúncia pelas vítimas.

Para o coordenador de soluções de segurança pública do CIASC, Francisco Hillesheim, essa ação se insere em um contexto maior. “Fizemos essa entrega para a Polícia Civil sabendo faz parte de um esforço mais amplo, tanto da Polícia quanto de outras instituições das áreas de segurança e de justiça, que tem idealizado várias ações que são importantes para enfrentarmos o problema da violência doméstica”.   

Segundo a Polícia Civil, a iniciativa de aumentar os serviços online de proteção à mulher irá perdurar mesmo após a pandemia. A intenção é que as mulheres passem a fazer mais uso, pois além de facilitar as denúncias, na delegacia virtual da mulher elas podem conhecer mais sobre o tema e entender cada crime existente nesta área, suas penas entre outras informações relevantes para se proteger.

Número de violência doméstica em SC teve queda em quase todos os tipos de crimes

O número de violência doméstica em Santa Catarina ainda é alto, mas vem diminuindo nos tipos de crimes mais recorrentes. Neste primeiro semestre do ano, de janeiro a junho, o número de violência doméstica caiu 9% em comparação com mesmo período do ano passado.