Alunos do Projeto Novos Talentos se formam na próxima terça-­feira (15/12)

O Projeto Novos Talentos SC Games forma a sétima sua turma e apresenta os jogos desenvolvidos pelos estudantes durante o ano. O evento acontecerá às 16 horas, no cinema do Centro Integrado de Cultura (CIC), localizado na Avenida Governador Irineu Bornhausen, 5600, Agronômica.

Desenvolvidos utilizando técnicas de programação de uma maneira mais fácil a ser assimilada pelos jovens, os jogos apresentados serão avaliados pelos visitantes e haverá premiação para aquele de maior destaque. Estudantes da turma matutina irão apresentar o jogo Crystal World​, uma ficção que se passa em um mundo pós­apocalíptico, onde cristais provenientes de um asteróide geraram diferentes efeitos nos seres vivos do nosso planeta, e o jogador deve coletar o máximo de cristais para sobreviver no mundo.

Já os alunos da turma vespertina apresentarão o jogo Zhara Khalid que retrata a história de Zhara, uma guerreira do Deus Seth, do antigo Egito. Por sofrer uma maldição de um dos inimigos do seu deus, Zhara perde suas memórias e cai num sono profundo durante séculos. Ao acordar ela tem que se defender desse novo mundo hostil e buscar uma forma de recuperar suas memórias.

Produzido com a linguagem de programação Java, o jogo contém fórmulas e conceitos Físico/Matemáticos. Toda a arte digital utilizada nos jogos foi feita pelos estudantes das turmas de Artes, utilizando as técnicas de desenho apresentadas durante o curso e ferramentas como mesas digitalizadoras e softwares específicos para arte digital.

Os games produzidos pelos alunos com apoio dos estagiários são considerados como Trabalho de Conclusão do Curso, no ano de 2015.

Sobre o Projeto Novos Talentos

O Projeto Novos Talentos é uma iniciativa do Governo do Estado, promovida no contexto do Programa Santa Catarina Games e Entretenimento Digital ­ SC GAMES (ou Santa Catarina Games) tendo por objetivo capacitar jovens, em especial de escolas públicas, além de educadores e pesquisadores, para atuação na área de Tecnologia da Informação e Comunicação, com foco no setor de games e entretenimento digital.

O projeto oferece cursos gratuitos focados na iniciação para games como programação, artes e design. Atualmente conta com o apoio da Secretaria de Estado e Desenvolvimento Sustentável e as atividades são realizadas dentro das instalações do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc), localizado no bairro de Santa Mônica em Florianópolis.

Ao longo de sua vivência no projeto estes jovens são estimulados a conhecer e pesquisar tópicos específicos em diversas áreas do conhecimento relacionados a educação, cultura além de buscar inspiração para criar roteiros e obras (digitais ou não). Este conteúdo cultural é o conhecimento básico e essencial para o desenvolvimento do curso.

Desde 2009 o projeto formou 390 alunos. Atualmente está com 65 estudantes sendo turmas de iniciação em games, com os jovens dos 9 aos 13 anos, e desenvolvimento em jogos eletrônicos, para alunos acima de 13 anos. O projeto conta ainda com 30 alunos recebendo monitoramento de estágio de conclusão de curso, sem remuneração, onde ministram as atividades.

Os estagiários são alunos de instituições de ensino da grande Florianópolis, nos cursos de graduação em jogos digitais, design e ciências da computação. Dentre os jogos desenvolvidos estão “Cruz e Sousa o poeta do Desterro”, “Teseu’s Escape, Rei Sustentável”, ​e “Eco Aventura”.​

O projeto é uma realização do Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) com apoio da Fundação de Ensino e Engenharia de Santa Catarina (Feesc), Secretaria de Estado e Educação, Secretaria Municipal de Educação, Secretaria de Estado e Desenvolvimento Sustantável, Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia (Acate), Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac TI), Fundação Catarinense de cultura, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Também são apoiadores as empresas de jogos Vertical de Games, Gat Nigiri, Aquarela, os empresários Caio Lopes, Marcello Lima e Heros de Carvalho, além do patrocínio das empresas Palmsoft e Hoplon